Afinal, gordura saturada faz mal ao coração ou não?

Gordura saturada não faz mal ao coração. Definitivamente não!

Mas, então de onde veio essa falácia toda sobre os malefícios da gordura saturada? Bem, a história é bem longa, mas, já se falou tanto nisso que vou resumir para vocês em poucos parágrafos.

De onde veio a ideia de que Gordura Saturada faz mal ao coração

gordura saturada faz mal a saude - oleo de coco

A partir de 1920, as doenças do coração começaram a crescer rapidamente e já era a principal causa de morte nos EUA. A população estava assustada e buscava orientações de como proceder para evitá-las. Em 1961 a AHA () fez as primeiras recomendações de que, para prevenir ataque cardíaco, deveríamos deixar de consumir gorduras saturadas. Mas estas orientações se baseavam apenas numa teoria que nunca havia sido testada em um ensaio clínico. Mesmo assim, os maiores especialistas passaram a seguir as orientações da AHA.

Na esperança de se conseguir algum embasamento para estas orientações, governos do mundo todo aplicaram bilhões de dólares em ensaios clínicos humanos (que no final das contas é o único tipo de ciência que pode estabelecer causa-efeito). Os milhares de indivíduos que participaram do ensaio foram submetidos a dietas à base de vegetais e óleos vegetais não saturados. Mas, os resultados deste ensaio não corroboraram a hipótese de que a gordura saturada fazia mal ao coração. E isso deixou os pesquisadores desapontados, porque eles buscavam dados que pudessem respaldar tal teoria. Como eles ficaram confusos, não divulgaram os resultados das pesquisas. E apesar de todos os especialistas em cardiologia passarem a seguir a orientação de menos gordura saturada, as mortes por doenças do coração continuaram aumentando e, ainda mais: houve um crescimento exagerado de obesidade e diabetes do tipo II (relacionada aos hábitos alimentares). Ou seja, já estava na hora de desenterrar as pesquisas e tentar entender o que estava acontecendo no mundo.

E foi o que os pesquisadores fizeram. Revisaram os artigos escritos com base nas pesquisas com mais de 550 mil pessoas. O resultado? Nenhuma das revisões encontrou evidência alguma de que gordura saturada faz mal ao coração.  Elas não estavam ligadas à mortalidade por doenças do coração (ou relacionadas). Para encurtar o assunto, alguns estudos mostraram que, realmente, se reduzira o colesterol no sangue dos participantes da pesquisa, mas, não houve redução do índice de mortalidade por ataque cardíaco, que no final das contas, era o objetivo da pesquisa.

Uma mentira deslavada

Se houvesse uma avaliação mais criteriosa dos resultados, teria se descoberto uma nova trilha a seguir nas pesquisas: se as gorduras saturadas não estão relacionadas às doenças do coração, o que está? Por que tantas pessoas continuam morrendo de ataques cardíacos mesmo depois de retirarem a gordura saturada da dieta? Desde 1970 que os americanos reduziam a ingestão de gorduras animais em 27%, enquanto aumentavam o consumo de óleos vegetais poli-insaturados em quase 90%. O aumento do consumo desses óleos foi maior do que de qualquer outro produto alimentar na América. No entanto, as doenças cardiovasculares continuavam sendo a maior causa de morte, matando mais de 800 mil pessoas por ano.  Este dado por si só já seria uma evidência de que diminuir o consumo de gorduras animais e aumentar o consumo de gorduras vegetais não é o caminho para se evitar as mortes por problemas coronários. E que, portanto, a afirmação de que gordura saturada faz mal ao coração poderia ser refutada sem medo.

 bife na manteiga - gordura saturada faz mal a saude

Então por quê, meu Deus?

Provavelmente porque:

  • A Procter & Gamble (fabricante do óleo vegetal Crisco Oil) lançou a AHA como uma potência nacional em 1948;
  • A Bayer, proprietária da Liberty Link Soybeans injetou mais de 500 mil dólares americanos na AHA, animados com o fato de que ela apoia o consumo do óleo de soja;
  • Dos artigos de revisão, os que mais favorecem os óleos vegetais foram escritos por pesquisadores que atuam no Conselho Consultivo da Unilever, um dos maiores fabricantes de óleo no mundo.

Se você ainda não está convencido de que gordura saturada não só não faz mal, quanto é necessária à nossa saúde, então convido você a assistir o vídeo abaixo:

Já pegou o seu informativo?
O melhor conteúdo no seu e-mail. Inscreva-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *